Odone x Koff: previsão de clima turbulento

Expectativa é de uma disputa eleitoral tensa entre Paulo Odone e Fábio Koff – Montagem: Lucas Uebel / Grêmio – Mauro Vieira / Agência RBS

Após os anúncios das candidaturas de Fábio Koff e Paulo Odone para presidência do Grêmio no biênio 2013-2014, cada vez mais fica claro que teremos um clima pesado para a iminente disputa, cuja primeira etapa se passará no Conselho Deliberativo, no dia 25 de setembro. Caso os dois grupos tenham, no mínimo, 20% dos sufrágios dos conselheiros, o trabalho a seguir será com os associados em 20 de outubro. O rompimento do Olímpico de Odone com o Clube dos 13 de Koff pela negociação dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro de 2012 a 2014 com a Rede Globo ainda apresentará resquícios nesse processo.

Os dois lados seguem trocando farpas desde que se deflagrou o cenário eleitoral. Pelo lado de Odone, não me surpreenderei se o atual presidente atacar Koff sob as alegações de o mesmo ter “abandonado o Grêmio”, enquanto ajudava o Internacional de Fernando Carvalho; classificará o projeto do rival como “campanha do ódio”; e dirá que ele ora fala em manter Luxemburgo e ora cita Felipão; além de garantir que a parceria entre clube e OAS em torno da Arena ficará mais segura com Eduardo Antonini na presidência da Grêmio Empreendimentos.

Por outro lado, Koff refutará as acusações da situação, dizendo que jamais deixou de colaborar com o Grêmio; citará a história de Adalberto Preis em todo processo envolvendo a Arena. Sobretudo, poderá alegar que Odone não conseguiu tirar o Tricolor de mais de uma década sem uma grande conquista, além de esbanjar seu currículo como presidente gremista: Mundial Interclubes, duas Libertadores, Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, Recopa Sul-Americana e outros.

Apesar disso, não creio que a turbulência eleitoral dos bastidores políticos do Olímpico influenciará no rendimento do time em campo neste Campeonato Brasileiro. Jogador de futebol, no Brasil, sequer se preocupa com as eleições em nossas cidades, estados e país, salvo algumas exceções. Imagine, então, em um clube de futebol. Os atletas querem apenas receber seus salários ao fim do mês. Todavia, a preocupação é se as baixarias entre as chapas colocarem as propostas em segundo plano. Haverá a torcida para que isso não ocorra, embora tenha de concordar, desta vez, com o jornalista do Correio do Povo, Hiltor Mombach: “Há mais incendiários do que bombeiros nesse pleito”. Hoje, a impressão é exatamente essa.

Anúncios

3 comentários em “Odone x Koff: previsão de clima turbulento

  1. […] Odone x Koff: previsão de clima turbulento […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s