Grêmio decide título da Copa do Brasil em casa e conta com histórico

copa-do-brasil

Copa do Brasil será decidida dia 23 em Belo Horizonte e 30 em Porto Alegre. Foto: Lívia Villas Boas/Staff Images/Site da CBF

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) definiu na manhã desta sexta-feira (04) a ordem dos mandos de campo das duas partidas da final da Copa do Brasil de 2016. E a Arena do Grêmio receberá o duelo decisivo entre Grêmio e Atlético Mineiro no dia 30 de novembro. Já o Galo joga em Belo Horizonte no dia 23. No site oficial do clube de Minas Gerais, não houve a confirmação se o duelo será na Arena Independência ou no Mineirão, até o fechamento deste post.

Essa será a terceira final de Copa do Brasil decidida em casa pelo Grêmio. Nas três anteriores, disputadas no Olímpico Monumental, o Tricolor teve dois triunfos contra o Sport, em 1989 (placar de 2 a 1), e Ceará, em 1994 (1 a 0). Em ambos os duelos, o Grêmio levou na bagagem para Porto Alegre empates de 0 a 0. O único revés foi contra o Corinthians, em 1995, com a derrota de 0 a 1, depois de perder por 2 a 1 no Pacaembu, em São Paulo.

30106568383_602c9c9104_z

Arena do Grêmio terá pela primeira vez a festa da entrega da taça em quase quatro anos de existência. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FPBA

Essa também será a terceira final que a Arena do Grêmio abriga em quase quatro anos de existência. O estádio recebeu a primeira partida da decisão do Campeonato Brasileiro da Série D, em 2013, com mando do Juventude diante do Botafogo-PB, com vitória do time de Caxias do Sul por 2 a 1 – a equipe paraibana se sagraria campeã na partida de volta, em João Pessoa, após vencer por 2 a 0. A Arena também foi sede das primeiras partidas finais do Campeonato Gaúcho de 2014 e 2015.

No entanto, essa será a primeira vez que a Arena receberá a segunda partida de uma final, com a taça da competição. Esse fato inédito dá força ao Grêmio para quebrar o jejum de 15 anos sem um título nacional, com perspectiva de novo recorde de público.

Em 2016, o estádio registrou os quatro maiores públicos de sua existência: 53,2 mil torcedores no 0 a 0 com o Internacional pelo Campeonato Brasileiro, 52,3 mil torcedores no 0 a 0 com o Cruzeiro pelas semifinais da Copa do Brasil, 50,1 mil na vitória de 3 a 0 sobre o Corinthians pelo Brasileirão, e 48,2 mil em outro 0 a 0 contra o rival colorado no começo do ano, no Campeonato Gaúcho.

Histórico geral: Mandantes x Visitantes nas finais da Copa do Brasil

trofeus-da-copa-do-brasil-1989-1994-1997-2001-gremio

Grêmio tem quatro taças da Copa do Brasil, duas conquistadas em Porto Alegre e as outras duas longe de casa. Foto: Divulgação

Nas 27 edições anteriores da Copa do Brasil, os visitantes levam vantagem sobre os mandantes nas partidas finais. Os anfitriões levantaram a taça perante os seus torcedores em 11 oportunidades, enquanto os adversários de fora triunfaram 14 vezes. Há ainda mais duas finais entre times da mesma cidade, o que pode ser considerada uma situação de neutralidade, embora haja ressalvas.

Os anfitriões mais bem sucedidos em decisões caseiras na Copa do Brasil são Cruzeiro, campeão três vezes no Mineirão (1993, 2000 e 2003); Grêmio, duas taças levantadas no Olímpico (1989 e 1994); e Palmeiras, também duas, uma no Morumbi (1998) e outra no Allianz Parque (2015). Também levantaram o troféu de campeão em casa o Criciúma (1991), Internacional (1992) e Sport (2008).

O Flamengo também triunfou duas vezes no Maracanã, porém, em 2006, fez o clássico carioca contra o Vasco da Gama, que também teve mando no mesmo estádio. Então podemos citar neutralidade nos mandos de campo, embora haja a ressalva da distribuição majoritária de torcedores a favor de um e de outro em cada uma das partidas. Já em 2013, o Rubro-Negro levou a melhor no Rio de Janeiro sobre o Atlético Paranaense.

Outra situação de neutralidade com ressalvas é a final mineira em 2014, entre Atlético Mineiro e Cruzeiro. O Galo mandou a primeira partida no Independência, com torcida única atleticana, após divergência sobre o número de ingressos disponibilizados aos cruzeirenses. Em resposta, a segunda partida no Mineirão, houve apenas os cruzeirenses nas cadeiras. O Atlético venceu os dois jogos, por 2 a 0 e 1 a 0, respectivamente. Mas é possível falar que o Galo jogou fora, em um estádio que também é seu por tradição, que o conhece na palma de suas mãos e segue mandando jogos por lá? Isso é questionável.

Os visitantes de fato levaram a melhor, fora de suas cidades, na maior parte dos duelos decisivos da Copa do Brasil, com destaque para o Corinthians, que consolidou os seus três títulos longe de São Paulo (1995, 2002 e 2009). Em seguida vem o Grêmio, duas vezes campeão fora de seus domínios (1997 e 2001). Flamengo (1990), Cruzeiro (1996), Juventude (1999), Santo André (2004), Paulista (2005), Fluminense (2007), Santos (2010), Vasco da Gama (2011) e Palmeiras (2012) também foram visitantes indigestos na final decisiva da competição, longe de seus redutos.

Veja abaixo todas as finais de Copa do Brasil

gremio-campeao-de-1989-e1409264106297

O Grêmio se sagrou o primeiro campeão da Copa do Brasil após vencer o Sport no Olímpico por 2 a 1. Foto: Divulgação

1989: Grêmio – Campeão no Olímpico Monumental (RS)

Sport 0x0 Grêmio – Ilha do Retiro (Recife-PE)

Grêmio 2×1 Sport – Estádio Olímpico Monumental (Porto Alegre-RS)

1990: Flamengo – Campeão no Serra Dourada (GO)

Flamengo 1×0 Goiás – Estádio Mário Helênio (Juiz de Fora-MG)

Goiás 0x0 Flamengo – Estádio Serra Dourada (Goiânia-GO)

1991: Criciúma – Campeão no Heriberto Hulse (SC)

Grêmio 1×1 Criciúma – Estádio Olímpico Monumental (Porto Alegre-RS)

Criciúma 0x0 Grêmio – Estádio Huriberto Hulse (Criciúma-SC)

1992: Internacional – Campeão no Beira-Rio (RS)

Fluminense 2×1 Internacional – Estádio das Laranjeiras (Rio de Janeiro-RJ)

Internacional 1×0 Fluminense – Estádio Beira-Rio (Porto Alegre-RS)

1993: Cruzeiro – Campeão no Mineirão (MG)

Grêmio 0x0 Cruzeiro – Estádio Olímpico Monumental (Porto Alegre-RS)

Cruzeiro 2×1 Grêmio – Estádio Mineirão (Belo Horizonte-MG)

1994: Grêmio – Campeão no Olímpico Monumental (RS)

Ceará 0x0 Grêmio – Estádio Castelão (Fortaleza-CE)

Grêmio 1×0 Ceará – Estádio Olímpico Monumental (Porto Alegre-RS)

1995: Corinthians – Campeão no Olímpico Monumental (RS)

Corinthians 2×1 Grêmio – Estádio do Pacaembu (São Paulo-SP)

Grêmio 0x1 Corinthians – Estádio Olímpico Monumental (Porto Alegre-RS)

1996: Cruzeiro – Campeão no Parque Antártica (SP)

Cruzeiro 1×1 Palmeiras – Estádio Mineirão (Belo Horizonte-MG)

Palmeiras 1×2 Cruzeiro – Estádio Parque Antártica (São Paulo-SP)

1997: Grêmio – Campeão no Maracanã (RJ)

Grêmio 0x0 Flamengo – Estádio Olímpico Monumental (Porto Alegre-RS)

Flamengo 2×2 Grêmio – Estádio do Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

1998: Palmeiras – Campeão no Morumbi (SP)

Cruzeiro 1×0 Palmeiras – Estádio Mineirão (Belo Horizonte-MG)

Palmeiras 2×0 Cruzeiro – Estádio Morumbi (São Paulo-SP)

1999: Juventude – Campeão no Maracanã (RJ)

Juventude 2×1 Botafogo – Estádio Alfredo Jaconi (Caxias do Sul-RS)

Botafogo 0x0 Juventude – Estádio do Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

2000: Cruzeiro – Campeão no Mineirão (MG)

São Paulo 0x0 Cruzeiro – Estádio Morumbi (São Paulo-SP)

Cruzeiro 2×1 São Paulo – Estádio Mineirão (Belo Horizonte-MG)

2001: Grêmio – Campeão no Morumbi (SP)

Grêmio 2×2 Corinthians – Estádio Olímpico Monumental (Porto Alegre-RS)

Corinthians 1×3 Grêmio – Estádio Morumbi (São Paulo-SP)

2002: CorinthiansCampeão em Taguatinga (DF)

Corinthians 2×1 Brasiliense – Estádio Morumbi (São Paulo-SP)

Brasiliense 1×1 Corinthians – Estádio Serejão (Taguatinga-DF)

2003: Cruzeiro – Campeão no Mineirão (MG)

Flamengo 1×1 Cruzeiro – Estádio Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

Cruzeiro 3×1 Flamengo – Estádio Mineirão (Belo Horizonte-MG)

2004: Santo AndréCampeão no Maracanã (RJ)

Santo André 2×2 Flamengo – Estádio Parque Antártica (São Paulo-SP)

Flamengo 0x2 Santo André – Estádio do Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

2005: PaulistaCampeão em São Januário (RJ)

Paulista 2×0 Fluminense – Estádio Jaime Cintra (Jundiaí-SP)

Fluminense 0x0 Paulista – Estádio São Januário (Rio de Janeiro-RJ)

2006: Flamengo – Campeão no Maracanã (RJ)

Flamengo 2×0 Vasco da Gama – Estádio Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

Vasco da Gama 0x1 Flamengo – Estádio Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

2007: FluminenseCampeão no Orlando Scarpelli (SC)

Fluminense 1×1 Figueirense – Estádio São Januário (Rio de Janeiro-RJ)

Figueirense 0x1 Fluminense – Estádio Orlando Scarpelli (Florianópolis-SC)

2008: Sport – Campeão na Ilha do Retiro (PE)

Corinthians 3×1 Sport – Estádio Morumbi (São Paulo-SP)

Sport 2×0 Corinthians – Ilha do Retiro (Recife-PE)

2009: Corinthians – Campeão no Beira-Rio (RS)

Corinthians 2×0 Internacional – Estádio do Pacaembu (São Paulo-SP)

Internacional 2×2 Corinthians – Estádio Beira-Rio (Porto Alegre-RS)

2010: Santos – Campeão no Barradão (BA)

Santos 2×0 Vitória – Estádio Vila Belmiro (Santos-SP)

Vitória 2×1 Santos – Estádio Barradão (Salvador-BA)

2011: Vasco da Gama – Campeão no Couto Pereira (PR)

Vasco da Gama 1×0 Coritiba – Estádio São Januário (Rio de Janeiro-RJ)

Coritiba 3×2 Vasco da Gama – Estádio Couto Pereira (Curitiba-PR)

2012: Palmeiras – Campeão no Couto Pereira (PR)

Palmeiras 2×0 Coritiba – Arena Barueri (Barueri-SP)

Coritiba 1×1 Palmeiras – Estádio Couto Pereira (Curitiba-PR)

2013: Flamengo – Campeão no Maracanã (RJ)

Atlético Paranaense 1×1 Flamengo – Estádio Durival de Brito (Curitiba-PR)

Flamengo 2×0 Atlético Paranaense – Estádio Maracanã (Rio de Janeiro-RJ)

2014: Atlético Mineiro – Campeão no Mineirão (MG)

Atlético Mineiro 2×0 Cruzeiro – Arena Independência (Belo Horizonte-MG)

Cruzeiro 0x1 Atlético Mineiro – Estádio Mineirão (Belo Horizonte-MG)

2015: Palmeiras – Campeão no Allianz Parque (SP)

Santos 1×0 Palmeiras – Estádio Vila Belmiro (Santos-SP)

Palmeiras 2×1 Santos – Allianz Parque (São Paulo-SP)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s