Grêmio chega a 100 mil sócios em meio a jejum de 15 anos, segundo Torcedômetro

gremio-10-11-16

Grêmio é o quarto clube que mais cresceu em associados no Brasil em 2016, e obteve o maior crescimento em outubro. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FPBA

Uma torcida comprova a sua paixão pelo clube nos momentos de adversidade, algo que a torcida do Grêmio já prova ao longo dos 15 anos sem ver um título de expressão. É esse tipo de gesto que faz um clube seguir gigante, não importando o tamanho do jejum de conquistas e faz com que esse período tenha um fim mais cedo ou mais tarde. Por isso, chegar a marca de 100 mil sócios, meta atingida nesta quarta-feira (09), segundo o site Torcedômetro, que atualiza dados diários sobre os programas sócios-torcedores entre os clubes brasileiros (acesse aqui o site).

Ainda não há confirmação oficial do clube, mas até junho deste ano, o Grêmio tinha 95.103 sócios-torcedores, o que já tornava possível alcançar a meta de 100 mil inscritos ainda em 2016, um objetivo público e almejado pelo presidente Romildo Bolzan Júnior. A presença do time de Renato Portaluppi na final da Copa do Brasil possivelmente foi o sopro que faltava para atingir o número expressivo. Dessa forma, o Tricolor seria o quinto clube brasileiro a superar essa barreira, ao atingir, nesta quinta-feira (10), 100.805 associados. Corinthians (132.766), Palmeiras (126.728), Internacional (112.756) e São Paulo (110.791) completam a lista.

Diferentemente do Inter, que foi impulsionado pelos títulos recentes a bater a marca de 100 mil associados em 2009, o Grêmio seguiu um caminho semelhante ao do Palmeiras, apostando nas novas arenas como forma de alçar o quadro social, por meio da preferência na compra de ingressos. No entanto, o mérito gremista é ainda maior, pela situação no futebol, que somente agora recuperou a confiança do torcedor com a possibilidade de um quinto título da Copa do Brasil.

Em 2016, o Grêmio é o quarto clube com melhor desempenho de inscrições de sócios-torcedores no Brasil. Neste ano, o São Paulo atingiu 30.215 associados neste ano (uma média de 82,78 novos inscritos por dia, seguido de Coritiba com 20.118 (55,12), Atlético Mineiro com 18.363 (50,31) e logo depois o Tricolor com 11.939 (32,71), até esta quinta-feira. Em outubro, porém, o Grêmio fechou o mês com 1.375 novos sócios, ante a 412 do São Paulo.

A possível confirmação do novo número de associados ocorre na mesma semana em que o Grêmio foi eleito pela revista Forbes o terceiro clube mais valioso das Américas, com valor estimado em um pouco mais de R$ 1 bilhão. O clube gaúcho fica apenas atrás de Corinthians e Palmeiras, e na frente dos mexicanos Chivas Guadalajara e Monterrey. A lista dos 10 primeiros do levantamento é completada pelos clubes da MLS (Major League Soccer): Los Angeles Galaxy, Seattle Sounders, New York FC, Orlando City e Houston (link).

Caso conquiste a Copa do Brasil, no dia 30 contra o Atlético Mineiro em plena Arena, o Grêmio pode ter um boom no quadro social, somando ao marketing de uma nova participação na Copa Libertadores, com a diferença de que desta vez, haverá um título anterior para gerar confiança à competição sul-americana. Se o Tricolor bateu a marca de 100 mil associados sem títulos, podemos acreditar em grande potencial de crescimento quando as taças vierem ao memorial Hermínio Bittencourt.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s