[BR’16: São Paulo 1×1 Grêmio] Não, ainda está longe do ideal

sao-paulo-1x1-gremio-rubens-chiri-18-11-16-2

Jogando em São Paulo, mas com a cabeça em Belo Horizonte, fez o Grêmio ser dominado no primeiro tempo. Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

Um empate contra o São Paulo no Morumbi geralmente não é considerado um resultado ruim, exceto quando você termina de assistir ao jogo com a sensação de que “não perdemos por incompetência do adversário” somado à conclusão da qual “tínhamos bola para vencer”. O empate de 1 a 1 na capital paulista, na noite desta quinta-feira (17), pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, evidenciou um Grêmio desfocado e displicente na liga nacional. O time são-paulino não assusta ninguém, porém, a equipe gremista se permitiu assustar pelo adversário.

Na teoria, essa foi a última prova do Grêmio antes do primeiro jogo da final da Copa do Brasil, contra o Atlético Mineiro, dia 23, agora ratificado e retificado no Mineirão (haverá um post sobre o tema), já que a partida deste domingo (20), contra o já rebaixado América Mineiro, na Arena, será figurada por reservas do time do técnico Renato Portaluppi. No Morumbi, sem Kannemann, suspenso pelo terceiro amarelo, a defesa não teve a mesma segurança e o setor de criação pouco funcionou.

Entretanto, não podemos resumir os problemas do Grêmio apenas à falta de foco no Brasileirão por causa da Copa do Brasil. Existe sim um ponto grave a ser resolvido em 2017, principalmente se nos classificarmos para Copa Libertadores da América, cujo nome é elenco. O gol de Chávez teve a paternidade da inoperância e incompetência de Wallace Reis, substituto de Kannnemann, em impedir o argentino de dar o biquinho a fim de encobrir o mal posicionado Marcelo Grohe na saída.

No ataque, até quando seguiremos pacientes com o apagado Pedro Rocha? Não se trata de queimar um atleta da base, e sim aperfeiçoá-lo para, quem sabe, retornar ao time titular, e aprender, principalmente, a finalizar a gol, fundamento deficitário dele – pode ter aulas com Ramiro. Futebol por futebol, Everton é mais jogador e merecia o lugar no time ao lado de Luan. Portanto, reforçar a qualidade do time é uma das necessidades de alçar voos mais altos na próxima temporada.

sao-paulo-1x1-gremio-rubens-chiri-18-11-16

O empate deixou o Grêmio com 50 pontos, apenas um a menos do G7. Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

O primeiro tempo no Morumbi foi um ataque de nervos somado a uma preocupação aos gremistas. O time de Renato simplesmente não funcionava, Walace e Maicon – em estado puro de sonolência na partida – erraram todos os passes que tinham direito na temporada. A equipe coletivamente estava mal, virou alvo fácil para a marcação do São Paulo, que pressionava a saída de bola do Grêmio e criou quatro chandes de gol. Ir ao intervalo com a derrota parcial de 1 a 0 foi um alívio.

No segundo tempo, o Grêmio retornou mais focado, ainda não como o time finalista da Copa do Brasil, mas o suficiente para equilibrar as ações com o São Paulo. E quando Douglas decidiu aparecer, o camisa 10 deu um passe magistral para Ramiro, aos 20 minutos, chutar cruzado para o gol, sem chance para o goleiro Denis e deixar o placar em 1 a 1. Essa foi a parte do “puxa, se jogássemos o que podemos jogar, venceríamos no Morumbi” na cabeça do torcedor gremista.

Matematicamente, o empate foi aceitável, com o G7 – zona de classificação para Libertadores – ainda no horizonte. O Grêmio está em oitavo lugar, com 50 pontos, um a menos que o Corinthians e a dois do Atlético Paranaense. Pena que teremos de torcer para o time do Parque São Jorge na segunda-feira (21), para jogar mais um pouco de pá de cal na epopeia do rival Internacional aos mares turbulentos da Série B, na Arena Itaquera, zona leste de São Paulo.

Fico aliviado, pelo menos, ao ouvir as declarações conscientes de Douglas, após o término da partida. De acordo com o meia, o time precisa melhorar para superar o Atlético Mineiro no Mineirão. O camisa 10 sabe que o bom futebol não retorna com o girar da chave, e sim com prática e sequência. Por essa razão, ter consciência disso é fundamental para corrigir problemas antes do primeiro dos dois jogos que valem toda a temporada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s