Vamos ao que realmente interessa: a final no Mineirão

31005743975_48712e6f00_z

Grêmio deve entrar no Mineirão com o time completo. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Hora de dar um tempo para o G7 do Campeonato Brasileiro ou para situação tragicômica do rival contra o iminente rebaixamento para se focar no que realmente importa ao Grêmio na temporada. Nesta quarta-feira (23), começa a primeira batalha pelo Penta da Copa do Brasil contra o Atlético Mineiro, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG). Muita coisa está em jogo: mais um título nacional, fim do jejum de 15 anos, primeira taça na Era Arena, retomada da soberania no Rio Grande do Sul e consolidação de um time vencedor para futuras e novas conquistas.

Não há favorito para o título da Copa do Brasil, uma vez que tanto Grêmio como Atlético Mineiro chegaram à final por méritos e justiça. A questão é o que prevalecerá, o futebol coletivo ou a força da individualidade. Sim, coletivamente, o Tricolor tem um time mais organizado, teve uma campanha mais estável ao longo da competição, superou adversários mais fortes como Atlético Paranaense, Palmeiras e Cruzeiro.

30343756494_18014f92e9_z

A ameaça do Atlético Mineiro é o seu poder ofensivo, liderado por Lucas Pratto. Foto: Bruno Cantini/Atlético Mineiro

Já o Atlético Mineiro teve mais altos e baixos, passando na bacia das almas contra a Ponte Preta, superando o Juventude nos pênaltis e eliminando o “quase” rebaixado Inter com requintes de drama no Independência. Contudo, pesa a favor do Galo a precisão do seu ataque. O atacante argentino Lucas Pratto é letal, fez quatro gols. Robinho dá velocidade e ritmo ao time, ao menos enquanto o fôlego lhe permite. O meia-atacante Luan é outra peça perigosa, mas por conta de um edema na panturrilha direita, não terá condições de enfrentar o Grêmio Tricolor no Gigante da Pampulha.

A única certeza, isso se o destino não quiser aplicar um golpe na lógica, é que a facilidade ofensiva do Atlético Mineiro perante o Inter não se repetirá com o Grêmio. O time de Renato Portaluppi tem como uma das forças a dupla Pedro Geromel e Kannemann, talvez a melhor dupla de zaga no futebol brasileiro neste momento. Resta saber se a equipe recuperará automaticamente o bom futebol da Copa do Brasil, após atuações desconcentradas no Brasileirão.

Mineirão

mineirao-22-11-16

Mineirão deve ter mais de 50 mil pessoas para final. Foto: Reprodução/Twitter oficial do Mineirão

Antes confirmado o Independência, o Atlético Mineiro chegou a um acordo com a Minas Arena, concessionária do Mineirão, para divisão de lucros de ingressos no Gigante da Pampulha. Até esta segunda-feira (21), mais de 40 mil ingressos foram vendidos e a torcida atleticana pode superar os 50,6 mil torcedores presentes na semifinal contra o Cruzeiro.

Na teoria, não muda nada ao Grêmio de Renato. Tanto o Horto como o Mineirão seguem a extensão 105m por 68m (7.140 m²) exigida pela Fifa. Se por um lado, o Independência teria a torcida adversária mais em cima, por outro, o Gigante da Pampulha terá mais torcedores. A única diferença é a sensação de espaço aos olhos dos jogadores, aí sim, o Mineirão parece maior. Mas o Tricolor já mostrou na vitória de 2 a 0 contra o Cruzeiro e em outros jogos que esse não é um problema.

Esquece retrospecto

27179796082_3fb5c47b12_z

Vantagem do Grêmio sobre o Atlético Mineiro nos últimos duelos nada valerá para a partida de quarta. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

No Mineirão, o retrospecto favorável do Grêmio não entrará em campo. Desde 2009, o Tricolor não perde para o Galo em Belo Horizonte. Foram quatro jogos, três no Horto, um no Gigante da Pampulha, com dois empates (dois 0 a 0 no Independência em 2012 e 2014) e duas vitórias (2 a 0 no Mineirão em 2015 e 3 a 0 no Horto neste ano). Entretanto, da mesma maneira que quebramos tabus contra o Cruzeiro na semifinal, o Atlético Mineiro pode usá-lo para se motivar contra o Grêmio. Portanto, retrospecto é nada sem empenho do time no jogo.

Blindagem

adalberto-preis

Adalberto Preis garante blindagem aos jogadores diante do jejum de títulos de expressão. Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Um time vencedor precisa ter dirigentes vencedores e experientes. Fiquei muito tranquilo ao ver a entrevista dada pelo vice-presidente do Grêmio Adalberto Preis, mostrando que existe blindagem à equipe de Renato quanto à pressão dos 15 anos sem título de expressão. O trabalho de foco da comissão técnica e do departamento de futebol aos jogadores é um passo fundamental para uma importante conquista.

Passamos aos jogadores que eles não são responsáveis pelos 15 anos sem títulos de expressão, mas eles podem ter a glória de romper isso. Os 15 anos têm de ser um estímulo, e não um fardo sobre os ombros. O Renato pode transmitir a importância que pode ter essa conquista. Os jogadores estão conscientes de que têm de lutar do primeiro ao último minuto das partidas”, ressaltou Preis ao jornal Zero Hora.

Times em campo

renato-m-oliveira-22-11-16

Renato e Marcelo Oliveira já têm em mentes os times para a partida no Mineirão. Fotos: Lucas Uebel/Grêmio FPBA e Bruno Cantini/Atlético Mineiro

No CT (Centro de Treinamento) Cidade do Galo, o técnico Marcelo Oliveira tem três problemas. Além de Luan, que é uma baixa confirmada para o jogo no Mineirão, o lateral-esquerdo Fábio Santos – também co m dores na panturrilha – e o zagueiro Erazo – lesão no joelho direito – são dúvidas. Apesar disso, os dois jogadores ainda são esperados no duelo no Mineirão. Portanto, o time do Atlético Mineiro deve ser formado por Victor; Carlos César, Erazo, Gabriel e Fábio Santos; Leandro Donizete, Júnior Urso e Maicosuel; Clayton (Cazares), Robinho e Lucas Pratto.

Pelo Grêmio, Renato tem menos dores de cabeça e deve entrar com time completo. A única preocupação para partida é a possibilidade de terceiro amarelo de Kannemann, o que o tiraria da partida de volta na Arena, no dia 30. O técnico gremista também deve manter o questionado atacante Pedro Rocha, como forma de dar moral ao atleta. Logo, a equipe no Gigante da Pampulha deve ser Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro, Douglas e Pedro Rocha; Luan.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s